Estudos de Quality Assurance (QA) – Tipos de Testes

Estudos de Quality Assurance (QA) – Tipos de Testes

Teste Funcional: Verificam se o software atende aos requisitos de funcionalidade.

  • Caixa Preta (Black Box): Você joga informações no sistema e observa as saídas, sem precisar entender o funcionamento interno.
  • Caixa Branca (White Box): Aqui você analisa o código do software para entender como ele opera internamente.
  • Caixa Cinza (Gray Box): É uma mistura entre Black Box e White Box, onde você tem alguma compreensão interna do sistema.
  • Positivo (Positive Testing): Verifica se o software se comporta corretamente seguindo o roteiro esperado.
  • Negativo (Negative Testing): Testa o software com cenários que normalmente não deveriam ocorrer, como entradas inválidas.

Teste Não Funcional: Avaliam aspectos como desempenho, segurança e usabilidade do sistema.

  • Aceitação do Usuário (UAT): Os usuários finais testam para garantir que o software atenda às suas expectativas.
  • Regressão: Após uma alteração no software, verifica se as funcionalidades existentes não foram prejudicadas.
  • API: Garante que a comunicação entre as partes do software esteja funcionando corretamente.
  • Exploratório: Uma exploração livre do software em busca de possíveis bugs ou problemas.
  • Limite (Boundary Testing): Testa o comportamento do software em limites extremos, como valores muito altos ou baixos.
  • Fumaça (Smoke Testing): Um teste rápido para verificar se as funcionalidades essenciais estão operacionais.
  • Beta: Envolve alguns usuários antes do lançamento oficial para identificar possíveis problemas.
  • Estresse: Avalia como o software se comporta sob condições de alta carga ou estresse.
  • Carga: Verifica como o software se comporta sob a carga máxima esperada.
  • Acessibilidade: Verifica se o software é acessível para todos, independentemente de suas habilidades. Seguindo as diretrizes WCAG (Web Content Accessibility Guidelines).
  • Localização: Testa se o software funciona corretamente em diferentes regiões e idiomas.
  • Segurança: Procuram vulnerabilidades e exploits no sistema.

Discover more from Coursity

Subscribe to get the latest posts to your email.

Comments

No comments yet. Why don’t you start the discussion?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *